submarino

sábado, 22 de junho de 2013

ENEM e a Educação brasileira


Nesta semana o MEC-(Ministério da Educação e Cultura) divulgou o calendário de ENEM 2013. As inscrições iniciam neste mês, as provas ocorrerão nos dias 19 e 20 de outubro.

Anunciadas mudanças: maior rigorosidade na correções das redações e provas.

Devido diversas falhas ocorridas nas edições dos anos anteriores tanto na elaboração e impressão do caderno de questões. Mas houve identificação de falhas quantos aos realizadores da avaliação: os estudantes. Dentre as falhas foram os graves erros de português e mesmo assim esses alunos foram aprovados.

o MEC esqueceu os próprios erros. Esqueceu que toda a rede publica de ensino sofre de "mal-educação". ocorre greve dos professores em todo o pais. Sistema educacional incompetente, incapaz de formar doutores.

o Brasil é um dos tantos outros países que possui um sistema educacional que aprova alunos que não conseguem conjugar verbos, com analfabetismo funcional, elaborar uma redação corretamente. Sistema educacional que aboliu a dependência  aboliu a repetência apenas para dizer nas estatísticas que aprovou um numero maior de alunos do que os anos anteriores.

Um sistema educacional que prioriza quantidade em vez de qualidade não leva o Brasil a lugar nenhum.

Antes do MEC divulgar falsas estáticas  antes do MEC divulgar rigorosidade em relação ao ENEM, deveria planejar uma reforma no sistema educacional brasileiro.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...